Fique por dentro de 5 opções de revestimento interno para container

Fique por dentro de 5 opções de revestimento interno para container

Você já sabe que os containers marítimos têm sido cada vez mais utilizados, seja para uma residência moderna, seja como armazém para grãos e produtos em uma propriedade rural, ou ainda instalação de refeitório e escritório em um canteiro de obras. Isso porque o container oferece vantagens como boa durabilidade, resistência e praticidade.

Por causa de seus múltiplos usos, muitas vezes nos perguntamos quais os materiais podem ser utilizados para revestimento interno para container. Esse questionamento é importante pois, para cada opção a ser considerada, você precisará de um equipamento com características mais específicas, como bom conforto térmico e acústico, material antichamas, resistência, leveza, dentre outras. 

Neste texto, destacamos 5 tipos de materiais — lã de PET, lã de vidro, isopor, lã de rocha e chapas de OSB — e falamos sobre as vantagens de cada um para que você possa optar pelo melhor, de acordo com a sua necessidade. Boa leitura!

Opções de revestimento interno para container

1. Lã de PET

A lã de PET é um material feito a partir da reciclagem do plástico PET, aquele mesmo usado para produzir garrafas de refrigerante. Esse material é bastante utilizado por causa de algumas propriedades, como o conforto termoacústico, que garante melhor isolamento do interior do container.

Outra vantagem apontada por especialistas é a facilidade de instalação, já que a lã de PET é um material totalmente atóxico e hipoalergênico e, por isso, dispensa o uso de equipamentos de proteção individual na hora da instalação.

Mas, sem dúvida, um dos principais diferenciais da lã de PET é a questão da sustentabilidade. Em todo o mundo são fabricadas 20 mil garrafas de plástico por segundo. Nos últimos 65 anos foram mais de 8 toneladas produzidas. No entanto, somente uma parte muito pequena, cerca de 9% desse total, foram reciclados. Portanto, a utilização da lã de PET ajuda no aumento da reciclagem das garrafas, impedindo que sejam descartadas de forma equivocada.    

2. Lã de vidro

A lã de vidro é um material feito a partir da mistura de componentes como areia, aditivos e vidro reciclado. Após elevado a altas temperaturas, o resultado é um produto fibroso e bastante utilizado como revestimento interno para container. 

Assim como acontece no caso da lã de PET, a lã de vidro tem ótimas propriedades termoacústicas, ao absorver calor e ondas acústicas. Além disso, o material não é inflamável, conferindo maior segurança em caso de incêndio, por exemplo.  

3. Poliestireno expandido ou isopor

poliestireno expandido (EPS), popularmente conhecido como isopor, também é utilizado como revestimento interno de containers. Esse material tem algumas das principais características procuradas para revestir este equipamento, independentemente da sua funcionalidade.

A primeira delas e, provavelmente, a mais conhecida, é a de isolante térmico. E é por isso que, quando você quer armazenar e transportar bebidas geladas, utiliza uma caixa de isopor. Esse material “segura” a temperatura do material por mais tempo que outros. 

Outra vantagem do EPS é ser um material que respeita o meio ambiente. Afinal de contas, ele é 100% reciclável, isento de gás CFC e não produz resíduos durante a sua fabricação. 

No entanto, uma característica negativa é que o isopor sofre deformações em contato com o calor. Portanto, evite instalar o EPS próximo a áreas de churrasqueiras ou lareiras ou mesmo se o container será utilizado em uma região quente demais.  

4. Lã de rocha

A lã de rocha começou a ser utilizada para moradia nas ilhas do Havaí. Os moradores notaram que, ao utilizar o material como revestimento, ficavam protegidos de situações extremas como muito frio ou muito calor. Esse isolamento térmico é uma das principais características da lã de rocha. 

Hoje em dia, o material é elaborado a partir da mistura de rochas basálticas, resina e fibras minerais esquentadas a uma temperatura superior aos 1.500ºC. Ela resiste a temperaturas de até 600ºC sem propagar chamas, além de ser leve e de fácil manuseio. Essas são algumas das características que fazem da lã de rocha um dos melhores tipos de revestimento interno para containers. 

5. Chapas de OSB 

OSB é a sigla para Oriented Strand Board, algo como painel de tiras de madeira orientada, em tradução livre. Você já deve ter visto placas de OSB por aí, principalmente como material de decoração. Parecem uma espécie de “compensado”, com madeiras de reflorestamento prensadas e agregadas em uma chapa. As tiras são dispostas em uma mesma direção e coladas com resina sob alta temperatura. 

Por isso mesmo, podemos dizer que as chapas de OSB são resistentes ao calor, no entanto, podem ser danificadas em contato com a água. A principal vantagem – o que justifica a característica do OSB ser usados em projetos mais populares — é o preço. Uma chapa de OSB pode custar metade do valor do MDF, por exemplo. 

O que levar em conta para escolher revestimento interno para container

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as características dos diferentes materiais que podem ser utilizados para revestimento interno de container, vamos apresentar quais são as principais características que devem ser levadas em conta na hora de escolher o material.

Em primeiro lugar, é preciso compreender que cada caso é um caso. Ou seja, o revestimento interno deve ser escolhido conforme a sua necessidade. 

Se você vai construir uma casa, o ideal é apostar em bons materiais isolantes, que possam garantir um conforto térmico e acústico, impedindo que você fique exposto a temperaturas muito altas ou muito baixas e a sons que vêm do lado externo da residência. Esses cuidados também devem ser observados se o container for utilizado em canteiros de obra, seja para escritório, alojamento, banheiro ou refeitório. 

No caso do uso do container em propriedades rurais, como depósitos de defensivos agrícolas ou armazéns de grãos, verifique se é possível usar materiais mais baratos, como as chapas OSB. Como, nesse caso, o container não será utilizado para convivência ou como residência de pessoas, é possível economizar. 

Agora ficou mais fácil de escolher o revestimento interno para container que você vai utilizar, certo? Se você gostou desse conteúdo, aproveite para conhecer um pouco mais sobre como utilizar acabamento interno para container. Preparamos um conteúdo especial sobre diferentes tipos e a importância de fazer uma boa escolha. Até a próxima.