Container x câmara fria: por que dar preferência ao container refrigerado?

Container x câmara fria: por que dar preferência ao container refrigerado?

 

Se você trabalha com produtos que necessitam de controle de temperatura e está na dúvida sobre o que fazer, saiba que no mercado há diversas soluções para atender às suas necessidades. Para que você faça a melhor escolha, preparamos um artigo que mostra a diferença entre o container x câmara fria.

Vale lembrar que as câmaras frias são projetadas geralmente para receber determinados de produtos e, conforme a temperatura, necessitam de equipamentos próprios, ou então da construção de novas áreas, com mais investimentos. Já os containers costumam ser mais práticos e econômicos, além de garantir agilidade no atendimento da demanda.

Se ficou interessado em conhecer ainda mais sobre os dois e suas principais diferenças, leia agora mesmo este artigo que preparamos para você. Confira!

Preço

O preço pode ser considerado como a principal vantagem para quem opta por um container refrigerado em vez de uma câmara fria. Isso deve-se graças à facilidade que o container apresenta, não necessitando de construções específicas.

Além disso, há produtos que necessitam de diversas temperaturas para o armazenamento adequado, o que encareceria ainda mais a construção de uma câmara fria. Com os containers, isso torna-se mais prático e eles podem ser desligados quando não estiverem sendo utilizados.

Redução do impacto ambiental

Tanto os containers refrigerados quanto as câmaras frias necessitam de energia elétrica para fazer o seu papel de manter a temperatura interna. Porém, quando não estão em uso, os containers podem ser desligados, sem qualquer prejuízo à sua estrutura.

O mesmo não acontece com as câmaras frias, que nunca podem ser desligadas e estarão constantemente consumindo energia elétrica, aumentando seus gastos e causando um maior impacto ambiental.

Fácil transporte

Os containers refrigerados também contam com facilidade no transporte, ponto positivo e uma solução para diversas empresas, que ganham mais mobilidade.

Além disso, durante o transporte dos produtos, eles poderão ser mantidos na temperatura indicada para sua conservação, seja na transportação rodoviária, ferroviária ou marítima — fato impensável com uma câmara fria.

Diversos tamanhos

Os containers refrigerados contam com vários tamanhos, ou seja, são capazes de atender à necessidade dos mais variados clientes. A Miranda Container conta com dois tamanhos:

  • 20 pés (6,00 x 2,43 x 2,90 m) com uma capacidade para 28 metros cúbicos de espaço interno;

  • 40 pés (12,00 x 2,43 x 2,90 m) com um volume interno de 67 metros cúbicos.

Lembrando que eles podem ser ampliados, dobrando sua capacidade de armazenamento.

Instalação rápida

Diferentemente das câmaras frias, que precisam ser construídas em um processo que pode levar várias semanas para ser concluído, os containers refrigerados podem ser instalados no mesmo dia, suprindo instantaneamente a necessidade dos usuários.

Diferenciais da Miranda Container

Miranda Container trabalha com os containers refrigerados que podem ser comprados ou alugados. Com estrutura externa de alumínio de baixo peso ou aço corten, e superfície interna de aço inox e piso de alumínio, eles oferecem grande durabilidade, segurança e qualidade.

Internamente, as temperaturas variam de -25 °C até +25 °C, podendo ser reguladas conforme a necessidade e podem armazenar itens, como alimentos, aves, bebidas, carnes e derivados, chocolates, eletrônicos, flores e plantas, frutas e verduras, gelo, produtos derivados do leite, produtos químicos e farmacêuticos, entre outros.

Se você ainda tem dúvidas sobre o container x câmara fria, leia agora mesmo artigo com as 7 principais dúvidas sobre o container refrigerado. Boa leitura!