Como e por que construir um depósito de defensivos agrícolas?

Como e por que construir um depósito de defensivos agrícolas?

depósito de defensivos agrícolas é o local usado para armazenar embalagens desses produtos de forma segura. Como são potencialmente perigosas, os produtores rurais devem mantê-las em um galpão específico até que sejam transportadas ao seu destino final.

Basicamente, os produtos podem ser químicos, físicos ou biológicos, aplicados para o controle de seres vivos prejudiciais aos seres humanos, animais e plantações. Esses componentes também são conhecidos como agrotóxicos, pesticidas ou produtos fitossanitários.

Levando em consideração que o contato entre esses agentes químicos e o solo, em grandes proporções, pode acarretar determinados impactos ambientais, a importância de um espaço protegido é fundamental. Por isso, este artigo apresenta as normas para a instalação de um depósito e seus principais benefícios. Confira!

Normas para o uso do depósito de defensivos agrícolas

De acordo com a NR 31, todo depósito deve cumprir alguns requisitos essenciais para garantir a segurança do meio ambiente e dos colaboradores. Veja:

Localização

Antes de tudo, saiba que certas autorizações e documentos são necessários para a construção de depósitos de defensivos agrícolas.

De acordo com o INDEA, todo armazenamento deve conter uma caixa de contenção para prevenir possíveis vazamentos. Essa caixa tem o objetivo de levar o produto vazado a um reservatório, até que ele receba a destinação correta. E para que esse processo ocorra de maneira eficiente, o terreno para esse projeto deve ser levemente desnivelado. Dessa forma, o líquido fluirá por meio de uma canaleta até a caixa de contenção.

Além disso, o local não deve ser construído próximo a escritórios por conta do risco de incêndio. Dessa forma, é necessário estabelecer um recuo de, pelo menos, 10 metros entre as construções. Caso não seja possível criar esse espaçamento, é imprescindível a instalação de uma parede corta-fogo.

Outra recomendação é deixar o ambiente de armazenamento longe de cursos d’água, áreas de preservação ambiental e demais vizinhanças. Afinal, na hipótese de um pequeno vazamento, esses pontos podem propagar a contaminação rapidamente.

Piso

O ideal são os revestimentos impermeáveis, sem ralos ou drenos de saída. Afinal, o propósito é que os agrotóxicos não entrem em contato com o solo nem atinja os produtores. Inclusive, é essencial que o pavimento não tenha irregularidades, pois isso prejudica a movimentação de materiais e a circulação das pessoas.

Telhado

É imprescindível que a cobertura seja realizada com material não inflamável e que não permita o aparecimento de vazamentos ou goteiras. Lembre-se de não aplicar telhas transparentes ou qualquer opção que facilite a passagem de luz também.

As luzes artificiais devem ser voltadas aos espaços que não contêm produtos, pois a exposição ao calor e à iluminação afeta suas propriedades originais, podendo reagir ou decompor conforme o tempo. Por isso, é recomendado manter o ambiente com temperatura equilibrada.

Armazenamento

Além da preocupação com a incidência de luz, é fundamental que os produtos sejam posicionados a 50 centímetros da parede e a pelo menos um metro do ponto mais baixo da estrutura do telhado.

Durante a organização, a dica é separar os defensivos por família agrícola para evitar a contaminação cruzada, considerando que alguns são incompatíveis. Outra maneira de guardá-los é por validade, garantindo o controle dos agrotóxicos que estão próximos do vencimento.

EPI

Para a segurança de todos os colaboradores, é extremamente importante que você reforce a importância das responsabilidades com a manipulação dos defensivos agrícolas, como treinamentos intensivos, elaboração de uma comunicação efetiva e a utilização de EPIs. Nessa situação, a empresa deve disponibilizar para cada funcionário:

  • máscara facial com filtro para multigases;

  • luvas de borracha nitrílica ou neoprene;

  • avental de PVC;

  • óculos ou viseira de ampla visão;

  • macacão de algodão;

  • bota com biqueira.

No caso da proteção coletiva, é indispensável um chuveiro de emergência e lava-olhos. No entanto, se for instalado no interior do depósito, construa uma parede para proteger o ralo e impedir os respingos de água nas caixas de contenção. Já na área externa, deve ser instalado perto da porta com isolamento térmico na tubulação exposta, evitando o aquecimento da água no interior.

Benefícios da instalação dos depósitos de defensivos agrícolas

Uma das vantagens de contar com um depósito de defensivos é não correr o risco de atrasar a aplicação por não encontrar o produto necessário no momento em que precisa ou, até mesmo, pagar um valor mais alto por ter deixado a compra para a última hora. Confira outros benefícios!

Redução de impactos ao meio ambiente

Embora muitos depósitos sejam desenvolvidos em alvenaria, construir a partir de containers marítimos é uma excelente opção. Como são criados para transportar cargas pesadas e enfrentar inúmeras variações climáticas, essas estruturas são extremamente resistentes e protegem de maneira eficiente contra vazamentos.

Isso porque, se uma embalagem estourar, a contaminação dos solos, ar, água, fauna e flora por conta do armazenamento incorreto dos agrotóxicos ocasiona muitos prejuízos diretos ou indiretos ao meio ambiente e seres humanos.

Estrutura

No mercado, existem construções tanto em alvenaria quanto em container, e ambas são muito seguras. Entretanto, o custo-benefício do depósito fabricado com base em containers resulta em uma redução de custos de 30% a 40% em comparação com o modelo convencional.

Segurança

Os defensivos agrícolas têm alto valor agregado. Para se ter uma ideia, o litro pode custar até 40 mil reais. Então, qualquer furto representa um grande prejuízo ao produtor ou empresa. Para reforçar a segurança nesse sentido, os containers são uma ótima opção.

Eles têm estrutura de aço, o que transforma a construção em um cofre antifurto de grandes proporções, desenvolvido com uma chapa muito grossa e portas com fechamento duplo e até quádruplo.

Outro fator de segurança que os containers trazem para a agricultura é a garantia de adquirir um espaço adequado, conforme os requisitos do INDEA.

Aumento da durabilidade

Sabendo que o armazenamento correto é suficiente para obter uma ótima duração dos defensivos, busque restringir o acesso ao espaço apenas pelos colaboradores capazes de manipular os produtos. Além disso, aumentar a durabilidade exige que o produtor não crie estoques acima da demanda estabelecida. Isso diminui a possibilidade de acidentes e evita desperdícios.

Neste post você viu que a elaboração de um estoque adequado dos defensivos agrícolas é primordial para o gerenciamento da sua propriedade. Isso garante um processo eficiente, fundamental à saúde financeira da fazenda.

Você curtiu essas dicas sobre as normas de construção e benefícios de ter um depósito de defensivos agrícolas? Então continue com a visita em nosso blog, leia agora mesmo o texto “Entenda por que usar containers como depósito de materiais” e saiba mais sobre a utilização desse material no dia a dia da sua empresa!